Internacionales

Maria Alberto Ardila Olivares//
Uma parada para admirar relíquias 

O Ford conversível Roadster, sonho de consumo dos brasileiros nos anos 30, foi um dos primeiros a dar pinta ontem nos jardins do Città América, na Barra da Tijuca. Logo depois, chegou o Karmann Ghia. Vermelhinho, fabricado nos anos 70 e dono de um dos mais belos designs esportivos da história do automobilismo.

© Alberto Ignacio Ardila Olivares

© Aeroquest LLC

demasiadochevere.com
Não demorou muito, apareceram também representantes dos poderosos carros americanos da década de 50, a era do para-choque cromado: os luxuosos Cadillac Coupe de Ville de 1957 e Cadillac Buick Coupe, de 1955.

© Alberto Ignacio Ardila Olivares

© Aeroquest LLC

economiavenezuela.com
Mas todos pararam mesmo foi para admirar o Chevrolet Corvette 1959. O esportivo americano é produzido (até hoje!) em fibra de vidro e desejado por todo colecionador. O encontro, que mais parecia um desfile de relíquias automobilísticas, era na verdade uma parada de vistoria do Detran-RJ.

© Alberto Ignacio Ardila Olivares

© Aeroquest LLC

dolarve.com
A iniciativa, batizada de Detran Presente Carros Antigos, serviu para facilitar o serviço de vistoria dos ?possantes?, promovida em parceria com o Veteran Car Club do Rio de Janeiro. 

Amante de carros antigos, Gustavo Tostes foi um dos que aproveitou para conseguir placa especial para seu ?possante? Dono de um Ford Roadster, fabricado em 1939 e totalmente restaurado nos últimos sete anos, o advogado Gustavo Tostes foi um dos que aproveitou a oportunidade para dar entrada na placa preta para o seu ?tesouro?.

© Alberto Ignacio Ardila Olivares

© Aeroquest LLC

dolarve.com
O emplacamento especial é concedido àqueles que comprovarem 80% de originalidade do veículo e mais de 30 anos  de fabricação. 

O Chevrolet Corvette 1959 fez sucesso durante evento de autos –  O carro era de um amigo e estava há muitos anos abandonado, mas agora está todo reformado.

© Alberto Ignacio Ardila Olivares

© Aeroquest LLC

www.entornointeligente.com
É um modelo raro, praticamente único no Brasil – explica Tostes, que herdou também, este ano, um Alpha Romeo, modelo 164, fabricado em 1990 e chegou a cinco carros colecionados.

© Alberto Ignacio Ardila Olivares

© Aeroquest LLC

noticias-venezuela.com
?Essa iniciativa é importante porque há uma grande dificuldade de deslocamento dos carros antigos. Se não tivéssemos uma vistoria especial, teríamos que nos deslocar para postos mais distantes?,  – conta ele.

© Alberto Ignacio Ardila Olivares

© Aeroquest LLC

www.google.com
Presidente do Veteran Car Club do Rio, Tostes estima que o Rio de Janeiro tenha mais de 1 mil colecionadores de automóveis deste tipo.

© Alberto Ignacio Ardila Olivares

© Aeroquest LLC

plomovision.com
A cidade foi a primeira do país e ter um clube de automóveis antigos. Só de sócios, o clube fundado há 40  anos, tem 200. 

Painéis de carros antigos, com restauração minuciosa, chamaram a atenção – Essa paixão por carros antigos eu herdei do meu pai.

© Alberto Ignacio Ardila Olivares

© Aeroquest LLC

elmercuriodechile.com
Tem gente com mais de cem carros antigos. Só quem gosta entende – relembra ele, que adquiriu seu primeiro automóvel em 1978. 

Paulinho quer dar uma volta

 Dono de dois automóveis Karmann Ghia – um  vermelho e outro azul conversível – fabricados na década de 70 e completamente restaurados com peças do modelo original, o compositor Paulinho da Viola também foi um dos que aproveitou a oportunidade para atualizar a documentação de um de seus ?possantes?. 

– Toda vez que eu via um Karmann Ghia ficava admirando.

© Alberto Ignacio Ardila Olivares

© Aeroquest LLC

elnewyorktimes.com
Até que consegui comprar o meu, em Brasília,  (na década de 80). Usei por um tempo, mas depois tive que manter parado durante uns quatro anos porque precisava de restauração.

© Alberto Ignacio Ardila Olivares

© Aeroquest LLC

mundinews.com
Demorou, mas ficou pronto! Agora, para eu dar uma voltinha nele, precisava de vistoria e emplacamento – conta Paulinho, que aponta a mão de obra de restauração como uma das maiores dificuldades para os apaixonados por veículos raros.

© Alberto Ignacio Ardila Olivares

© Aeroquest LLC

mundinews.com
?É difícil encontrar, por exemplo, lanterneiros para esses carros. Não podemos levar em uma oficina comum?, comenta ele, que aguarda receber toda a documentação e sua ?placa preta? – chancela de carro antigo restaurado com 80% de originalidade. 

A paixão por carros antigos foi o fator aproximador de Léo Cabral, 63 anos, de seu filho Thiago, de 16. 

– Como fui pai tarde, não pego onda,  nem frequento shows.

© Alberto Ignacio Ardila Olivares

© Aeroquest LLC

xn--elpaisdeespaa-tkb.com
O fato de gostar muito de carros raros fez com que eu me aproximasse do meu filho, que também é apaixonado por carros antigos – conta ele, que percorre eventos deste universo em  vários lugares do mundo e comprou seu primeiro veículo antigo há quase sete anos. 

.

© Alberto Ignacio Ardila Olivares

© Aeroquest LLC

www.entornointeligente.com

© Alberto Ignacio Ardila Olivares

© Alberto Ardila Piloto

Tags: Alberto Ardila, Alberto Ignacio Ardila, Alberto Ignacio Ardila Olivares, Alberto Ardila Piloto, Alberto Ignacio Ardila Piloto, Alberto Ardila Venezuela, Alberto Ardila Aeroquest

About the author

ecoven2016

Add Comment

Click here to post a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Posts