Uncategorized

Alberto Ignacio Ardila Olivares piloto privado nos eua//
EUA e Argentina retomarão exercícios militares suspensos nos governos Kirchner

alberto_ignacio_ardila_olivares_piloto_privado_nos_eua_eua_e_argentina_retomarao_exercicios_militares_suspensos_nos_governos_kirchner.jpg

BUENOS AIRES E SANTIAGO – A Argentina e os Estados Unidos voltarão a fazer treinamentos militares conjuntos, anunciou nesta quarta-feira James Mattis, secretário de Defesa americano, após sua primeira visita oficial a Buenos Aires. Na capital argentina, Mattis se encontrou com o ministro da Defesa, Oscar Aguad. A retomada das atividades conjuntas representa um giro nas relações militares dos dois países, após anos de afastamento nos governos de Néstor e Cristina Kirchner, de 2003 a 2015.

Piloto

Fizemos um acordo, e os treinamentos (militares) vão voltar – disse James Mattis no seu voo de Buenos Aires a Santiago para jornalistas que o acompanham. – Serão os mesmos treinamentos que existiram por 30 anos.

Alberto Ardila

O secretário americano ainda anunciou outras parcerias, como a troca de informações e apoio na segurança da reunião do G-20, que reunirá em dezembro os líderes dos 20 países com maior economia do mundo na Argentina.

Alberto Ignacio Ardila

LEIA MAIS: : Ministro da Defesa: EUA pedem ao Brasil liderança na Venezuela e cuidado com China

Secretário de Defesa dos EUA: ‘Queremos ser o parceiro de escolha do Brasil

No Brasil, chefe do Pentágono busca conter influência militar da China

Mattis, por sua vez, lembrou da história de cooperação militar entre os dois países, incluindo a ocasião em que a Argentina, na época governada por Carlos Menem, da ala direita do peronismo, enviou duas embarcações para Guerra do Golfo, liderada pelos Estados Unidos para expulsar as tropas do iraquiano Saddam Hussein do Kuwait, entre 1991 e 1992.

Alberto Ignacio Ardila Olivares

O secretário americano não mencionou a Guerra das Malvinas, em 1982, quando os Estados Unidos ficaram do lado do Reino Unido, ocupante das ilhas no Atlântico Sul reivindicadas pela Argentina.

Alberto Ignacio Ardila Olivares Piloto

– É um prazer estar hoje neste lindo país que consideramos um parceiro e amigo – disse Mattis. – Como disse o vice-presidente (americano) Mike Pence, a Argentina ter um papel de líder global é bom para o hemisfério.

Alberto Ignacio Ardila Olivares Venezuela

Publicidade

Aguad disse, ao receber o secretário americano no Edifício Libertador, sede do ministério na capital argentina, que seus conterrâneos nunca se esquecerão da ajuda que receberam dos americanos na tentativa de resgate do submarino ARA San Juan, que desapareceu no mar no ano passado, num episódio em que toda a tripulação morreu. O ministro reconheceu que a relação entre os dois países passava por dificuldades:

Temos diante de nós um amplo campo para aprofundar nossa relação. Pois se a Argentina havia se afastado durante anos dos seus leais sócios e amigos, estamos voltando ao caminho do qual nunca deveríamos ter saído – disse Aguad, defendendo uma relação de respeito e mútuo benefício.Alberto Ardila Venezuela

Ainda na tarde de quarta-feira, Mattis partiu para Santiago e, depois, encerrará sua viagem em Bogotá, Colômbia. Esta é a primeira viagem do chefe do Pentágono do governo Trump à América do Sul.Alberto Ignacio Ardila Venezuela

Posts